Maria Azenha

O poeta é quem mais deve aclarar o dia
regar as palavras a horas diferentes
colher as ervas daninhas que minam o solo
colocar espantalhos no seio das janelas. porque
alguns ladrões vêm de noite pelo silêncio da lua
e de noite colhem vocábulos semelhantes a outros
alguns colocados em jarrões falsos de bruma;
semicerram os olhos
assinam por baixo com outra assinatura
 
o poeta tem o dever de reparar os estragos
feitos
com as graduações da matéria
 
é a boca ávida de luz que os chama

 

(Está lá em :  “OS POEMAS VÊM EM SILÊNCIO PELOS DEDOS DOS LÍRIOS”      http://estrelasegalaxias.blogspot.com/