O jornalista, mais conhecido por seu pseudônimo Stanislau Ponte Preta, era autor de famosas críticas a deputados e ao jeitinho brasileiro. Como cronista, escreveu o livro 'Tia Zulmira e Eu'. Ele faleceu em 30 de setembro de 1968. Quando dos 50 anos do falecimento de Porto, a historiadora Mary del Priori prestou homenagem à memória dele em depoimento ao rádio. Confira os comentários de Mary del Priore para o programa "Um Rio de Histórias" da Rádio CBN: Morte do radialista Sérgio Porto completa 50 anos.

Ouça