O assessor de comunicação da Fundação Nogueira Tapety, o ativista cultural Joca Oeiras, inicia mobilização pela comemoração dos oitenta anos do escritor oeirense José Expedito Rêgo. A Fundação desenvolverá programação em torno do nome do escritor em 01 de junho de 2008, quando, se vivo materialmente estivesse, completaria oito décadas; também, desenvolverá atividades em homenagem a Expedito em novembro, durante o Festival de Cultura de Oeiras. Entre-textos, reconhecendo o valor da literatura produzida pelo autor de Né de Sousa, a partir desta edição deste dezembro e nas próximas 11 edições divulgará textos desse notável nome de nossas letras. Leia carta de Joca Oeiras, dirigida a produtor cultural Carlos Rubem e, por extensão, a quem quiser abraçar a causa de difundir José Expedito em ano especial:

      Querido Dr Carlos Rubem:
 
Sei bem que o amigo não gosta de  ser chamado desse modo, mas, se assim procedo, não é só pra chatear não. Julgo que este formalismo cabe para caracterizar o fato de que não se trata de mais um dos dezenas de e-mails que trocamos mensalmente até por dever de ofício. Inclusive porque não me dirijo ao amigo Bill, mas ao presidente da Fundação Nogueira Tapety - FNT.
 
Não que o assunto a ser tratado seja novo ou espiinhoso, ao contrário, trata-se de matéria de seu agrado e já amplamente discutida por nós. Mas, até por isso, muito importante e digna  da maior seriedade: trata-se das comemorações pelo transcurso do octogésimo aniversário de nascimento do escritor José Expedito Rego.
 
Acredito, aliás sempre acreditei, que as coisas planejadas com antecedência, por pior que saiam,  acabam saindo melhor do que as improvisadas, ainda que apenas na consolação de ter-se feito tudo o que podia para dar certo. No caso das comemorações propostas o principal saldo a obter é a ampla divulgação  da obra do autor de "Malhadinha".
 
Proponho que a FNT encabece um movimento para envolver todas as forças vivas da intelectualidade piauiense conhecedoras da obra do grande escritor e poeta oeirense para que, juntas, pessoas físicas e entidades culturais representativas, formemos uma "comissâo organizadora" das comemorações pelo transcurso daquela efeméride, lembrando que o Dr José Expedito tem também uma parcela de sua criação literária realizada na Princesa do Sul, onde compôs até a letra do hino de Floriano.
 
beijos e abraços
do Joca Oeiras, o anjo andarilho

Saiba mais sobre José Expedito Rêgo:

 www.dilsonlages.com.br/poetasbiografia.asp

www.dilsonlages.com.br/poetasamostragem.asp

>