[Doralice Araújo]

Graças ao acervo precioso da Biblioteca Pública do Paraná encontrei oBelém do Grão Pará do Dalcídio Jurandir- arq. pessoal


 

No momento? Refaço a leitura da bela narrativa Chove nos Campos de Cachoeira, obra especialíssima de Dalcídio Jurandir- arq. pessoal

Na graduação em Letras? Cursei a disciplina Literatura Paraense na Univ. Fed. do Pará; foi um semestre acadêmico cheio de descobertas literárias e dentre elas, a obra de Dalcídio Jurandir ( TV Cultura, PA, via YouTube), meu caro leitor. Agora? Transcorridos tantos anos desde a conclusão do curso em 1983, faço uma nova leitura de tudo o que escreveu o notável escritor paraense. Na minha cabeceira, duas obras ganham a atenção destacada, graças aos empréstimos sucessivos que faço na Biblioteca Pública do Paraná: Belém do Grão Pará e Chove nos Campos de Cachoeira, esta última objeto de um projeto de livro. Você já leu algo de Dalcídio Jurandir, leitor?