[Doralice Araújo]

 

 
Trabalhar é um verbo com muitas acepções; é um bom tema para dissertações informais e formais - arq. pessoal
Comecei a trabalhar informalmente aos 12 anos de idade, quando "acompanhava" as tarefas escolares de uma dupla de garotos, meus vizinhos. Fui contratada com a concordância da minha mãe, que era professora na rede pública paraense. Ela não via problema algum em autorizar a filha a intermediar a resolução das tarefas escolares daqueles pirralhos. Em troca? Além do respeito que conquistei  na vizinhança ainda ganhava uns trocados mensalmente, talvez o equivalente a uns R$100,00 nos dias de hoje. Para uma menina de 12 anos era um bom salário. 


Quando eu era ainda uma estudante do curso pedagógico, equivalente ao ensino médio atual, conheci o texto O trabalho, assinado pelo poderoso Rui Barbosa. É um belo exemplo de admoestação ao trabalho firme, sob todas as circunstâncias. É uma referência atemporal ao trabalho e, talvez, o leitor conheça o conteúdo pungente do texto, parte destacada nas antologias ginasianas. Que tal acompanhar o excerto abaixo?

 
O trabalho vos há de bater à porta dia e noite: e nunca vos negueis às suas visitas, se quereis honrar a vossa vocação, e estais dispostos a cavar nos veios da vossa natureza, até dardes com os tesoiros, que aí vos haja reservado, com ânimo benigno, a dadivosa Providência. Ouvistes o aldrabar da mão oculta, que vos chama ao estudo? Abri, abri, sem detença. Nem por vir muito cedo, lho leveis a mal, lho tenhais à conta de importuna.
Quanto mais matutina esssas interrupções do vosso dormir, mais lhas deveis agradecer.

O amanhecer do trabalho há de antecipar-se ao amanhecer do dia. Não vos fieis muito em quem esperta já ao sol nascente, ou sol nado. Curtos se fizeram os dias, para que nós os dobrássemos, madrugando. Experimentai, e vereis quanto vai do deitar tarde ao acordar cedo. Sôbre a noite o cérebro pende ao sono. Antemanhã, tende a despertar.
(....)
 Tomai exemplo, estudantes e doutores, tomai exemplo das estrêlas da manhã, e gozareis das mesmas vantagens: não só a de levantardes mais cedo a Deus a oração do trabalho, mas a de antecederdes aos demais, ganhando mais para vós mesmos, e estimulando os outros a que vos rivalizam no ganho bendito. 
( O Trabalho, Rui Barbosa - Baiano, político, jurisconsulto, jornalista, estadista, orador, filólogo e prosador clássico. *5q11/1849  - +1/3q1923

Trabalhar é investir as forças físicas e mentais. Alguns agem como formigas e outros como a cigarra, personagens da fábula famosa, mas se há justiça, todos ficamos satisfeitos- arq. pessoal
Que todos possamos desfrutar das alegrias advindas com o trabalho honesto; começar a trabalhar aos 12 ou aos 18 anos, pouco importa. O trabalho é um senhor sempre bem disposto a mostrar caminhos; resta saber aprender desde cedo a olhar as alternativas que nos deixam felizes e satisfeitos e alvos da justiça, mesmo levantando de madrugadinha, tal como pregava o famoso Rui Barbosa

Visite meu blog