ESQUERDA FASCISTA

Miguel Carqueija

 

            Foi o comunismo (no regime bolchevista russo) quem inventou o campo de concentração, antes dos nazistas. Também foi o regime de Lênin quem pela primeira vez legalizou o aborto (assassinato de bebês), abrindo as portas para a ruína da civilização.

            Trotsky, tornado “maldito” pelo regime soviético, foi perseguido por vários países e afinal assassinado no México, a golpe de furador de gelo, por ordem do regime de Stalin.

            Na chamada “Revolução Cultural” de Mao Tse Tung, professores foram arrastados pelas ruas chinesas.

            Pol Pot exterminou grande parte da população do Camboja, num dos maiores genocídios da História.

            Khrushev mandou massacras a Hungria em 1956.

            Brejnev mandou invadir a Tcheco-Eslováquia em 1968, só por causa de alguns ventos de liberdade naquele país. Tempos depois o mesmo governo perpetrou a invasão do Afganistão, verdadeira furada, de onde os russos foram corridos a pontapés.

            Cerca de 15.000 oficiais poloneses, na II Guerra Mundial, foram fuzilados pelos russos no bosque de Katyn, num massacre na época atribuído aos nazistas.

            Armando Valladares passou 22 anos preso e sofrendo torturas nas masmorras cubanas, pelo crime de ter recusado colar um adesivo de Fidel Castro em sua mesa de trabalho (leia-se o grande livro deste herói, “Contra toda esperança”).

            Aqui mesmo no Brasil, durante a intentona de 1935, soldados foram mortos pelos próprios colegas envolvidos na conspiração, a tiro na cabeça durante o sono.

            Agora mesmo a Venezuela está sendo destruída pelo regime marxista de Maduro. As forças de repressão estão matando gente. Não há mais comida, milhares de refugiados vieram para o Brasil.

            E depois eles chamam aos outros de fascistas.

 

Rio de Janeiro, 6 de julho de 2017.