O romance faz uma crítica ao preconceito na sociedade carioca. Publicado em 1922, “Clara dos Anjos” é uma das obras mais conhecidas de Lima Barreto.  
 
Clara é uma jovem ingênua e pobre que se apaixona por Cassi Jones, um malandro conhecido por ter enganado outras mulheres. Ela engravida e ele desaparece.  
 
O livro narra o destino de mulheres como “Clara”, que são humilhadas e presas a sua condição racial e econômica.