Cinema dinamarquês em Brasília

22 a 31 de maio de 2014.

 

 

João da Antena indica, haja vista que esse evento ainda está acontecendo (nota de 26.5.2014)

 

 

MOSTRA “VISÕES DO NOVO CINEMA DINAMARQUÊS”

Cine Brasília, 22 a 31 de maio de 2014

 

 

A Embaixada da Dinamarca em Brasília, a Agência de Cultura da Dinamarca e o Danish Film Institute, em conjunto com o Cine Brasilia e a Secretaria de Cultura do Distrito Federal, organizam a Mostra “Visões do Novo Cinema Dinamarquês”, a realizar-se entre os dias 22 a 31 de maio de 2014, no Cine Brasília. A ideia da Mostra é apresentar ao público brasiliense, de forma inédita, títulos dinamarqueses de bastante sucesso nos últimos anos, especialmente a partir dos anos 2000, de diretores que têm chamado muita atenção em Festivais e Premiações ao redor do mundo.

 

Durante muitos anos, o cinema dinamarquês esteve ligado ao nome de Carl Theodor Dreyer, um gênio cujos filmes A Paixão de Joana D’Arc (1929) e O Vampiro (1932) tiveram enorme impacto na arte cinematográfica. Nos anos 80, a Dinamarca voltou a ter atenção planetária com o lançamento de A Festa de Babete (1987), de Gabriel Axel, e também, no mesmo ano, com Pele, o Conquistador, de Bille August. Mas o cinema dinamarquês alcançaria proeminência inédita com o surgimento do Dogma 95, movimento que propunha um cinema despojado, independente e que contestasse as regras impostas pelo cinema industrial hollywoodiano. Arquitetado pelos cineastas Thomas Vinterberg e Lars Von Trier, o Dogma fez escola. A mostra Visões do Cinema Dinamarquês traz sete novas produções da cena cinematográfica dinamarquesa, exemplos de que a atual produção do país não se limita apenas aos conceitos expressos no Dogma. Ao contrário, ela é diversa e multifacetada, com dramas, comédias, aventuras de entretenimento inteligente, documentários, toda uma gama de realizações que têm recebido destaque em festivais de cinema em todo o mundo.

 

 

Sinopses

 

aplauso (Applaus)

Martin Pieter Zandvliet (DK, 2009)

 

Quando a aclamada atriz Thea Barfoed termina sua reabilitação, ela enfrenta uma escolha difícil. Durante o período em que abusava do álcool, ela divorciou-se e perdeu a guarda de seus dois filhos. Agora ela quer que seus filhos façam parte de sua vida novamente. Christian, seu ex-marido, é rapidamente convencido por sua personalidade manipuladora, porém encantadora. Contudo, ela tem de provar para si mesma e para ele de que é capaz. Como Thea é avessa às exigências rigorosas da vida de palco, e com um passado que a assombra, ela tem de enfrentar seus demônios interiores, enquanto se agarra ao objetivo que estabeleceu para si mesma.

 

a fuga (Flugten)

Kathrine Windfeld (DK, 2009)

 

A jornalista dinamarquesa Rikke Lyngvig é feita refém no Afeganistão por um grupo terrorista que ameaça matá-la. No entanto, com a ajuda de um dos terroristas, o jovem Nazir, Rikke consegue escapar. Em seu retorno, ela logo é agraciada com o prêmio Jessica Lynch, e sua carreira é lançada aos holofotes. Enquanto isso, Nazir foge do Afeganistão rumo à Dinamarca. Quando Nazir finalmente encontra Rikke, ela fica chocada e arrasada. Estaria ela disposta a ajudar o homem que ameaçou matá-la e, com isso, pôr em risco sua carreira? O encontro transforma-se em um tumultuado confronto malfadado com seus próprios demônios e uma nação conduzida por forte apetite por sensacionalismo e populismo político.

 

O GUERREIRO SILENCIOSO (Valhalla rising)

Nicolas Winding Refn (DK, 2009)

 

Durante anos, One-Eye, guerreiro mudo com força sobrenatural, foi mantido prisioneiro pelo chefe Barde. Ajudado por um menino, Are, ele mata o seu captor e, juntos, escapam, iniciando uma viagem ao coração das trevas.

 

uma família (En familie)

Pernille Fischer Christensen (DK, 2010)

 

Ditte é parte de uma famosa família de confeiteiros, os Rheinwalds. Ela própria também é proprietária de uma galeria de sucesso. Quando recebe a proposta de um emprego dos sonhos em Nova York, ela decide, junto com seu namorado Peter, aceitar a oferta e se mudar para a Big Apple. O futuro é brilhante e a vida parece simples e divertida. Contudo, quando o casal está prestes a mudar,  o amado e carismático pai de Ditte, Rikard, confeiteiro e fornecedor da corte real, é acometido por grave doença. Ditte desiste da mudança para ficar perto do pai, mas, em pouco tempo, é a sua própria vida que está na balança. Rikard exige que ela tome seu lugar nos negócios da família Rheinwald e assuma a propriedade da confeitaria, enquanto Peter faz movimento contrário, sentindo que ela está abandonando seus sonhos comuns. De repente, a vida já não é tão simples.

 

O Embaixador (Ambassadøren)

Mads Brügger (DK, 2011)

 

O que acontece quando um homem branco europeu compra um título diplomático que o transforma, de uma noite para a outra, em diplomata Africano - bem no meio de uma das nações mais falidas da África Central? "O Embaixador" é uma comédia trágica sobre o mundo bizarro e escondido da diplomacia africana, em que gin e tônica fluem diariamente e traficantes de diamantes e políticos corruptos vagueiam livremente.

 

Fraternidade (Broderskab)

Nicolo Donato (DK, 2010)

 

"Brotherhood" é uma história sobre amor perigoso e busca de identidade. Após a desilusão com sua carreira, Lars decide deixar o exército e é atraído para o movimento neonazista e, não menos importante, para o seu par, Jimmy. Os dois homens envolvem-se em um caso de amor secreto, mas tal amor proibido não pode ficar impune em círculos fascistas. No entanto, apesar de todas as regras proibirem, o amor e a atração entre os dois são tão fortes que eles não podem abandonar a relação.

 

Juan (Juan)

Kasper Holten (DK, 2011)

 

Uma história sobre um homem que amava e odiava as mulheres, um sedutor sem coração que sentia grande prazer em seduzir e abandonar sua presa. Em seu filme, uma adaptação da ópera de Mozart "Don Giovanni", o foco de Kasper Holten está no equilíbrio entre o instinto sexual do homem e a volição destrutiva. Nesta história, Juan é sensual, um homem moderno, auto-confiante, e que tem a necessidade permanente de viver a vida ao máximo.

 

 

 

 

 

Programação

 

 

22, quinta-feira

15h Abertura da Mostra Visões do Cinema Dinamarquês - O Embaixador (Ambassadoren, Dinamarca, 2011, documentário, 93min, classificação livre, com: Mads Brügger, Maja Jul Larsen), dir.  Mads Brügger. Entrada Franca.

 

17h Visões do Cinema Dinamarquês A Fuga (Flugten, Dinamarca, 2009, drama, 114 min, classificação 14 anos, com Iben Hjejle, Lars Mikkelsen, Faegh Zamani) dir. Katherine Windeld. Entrada Franca.

 

21h Visões do Cinema Dinamarquês Juan (Juan, Dinamarca, 2011, drama musical, 105min, classificação 14 anos, com: Christopher Maltman, Mikhail Petrenko, Elizabeth Futral), dir. Kasper Holten.  Entrada Franca.

 

 

23, sexta-feira

15h Visões do Cinema Dinamarquês O Guerreiro Silencioso (Valhalla Rising, Dinamarca, 2009,  aventura, 93min,  classificação livre, com Mads Mikkelsen, Maarten Stevenson, Alexander Morton, dir. Nicolas Winding Refn). Entrada Franca

 

17h Visões do Cinema Dinamarquês Fraternidade (Broderskab, Dinamarca, 2010, drama, 90min, classificação 16 anos, com Thure LindhardtDavid DencikNicolas Bro), dir. Nicolo Donato. Entrada Franca

 

21h Visões do Cinema Dinamarquês Uma Família (En Familie, 2010,  drama,  102min,classificação indicativa 16 anos, com Jesper Christensen, Lene Maria Christensen, Pilou Asbæk), dir. Pernille Fischer Christensen. Entrada Franca.

 

 

24, sábado

15h Visões do Cinema Dinamarquês O Guerreiro Silencioso (Valhalla Rising, Dinamarca, 2009,  aventura, 93min,  classificação livre, com Mads Mikkelsen, Maarten Stevenson, Alexander Morton, dir. Nicolas Winding Refn). Entrada Franca

 

17h Visões do Cinema Dinamarquês A Fuga (Flugten, Dinamarca, 2009, drama, 114 min, classificação 14 anos,  com Iben Hjejle, Lars Mikkelsen, Faegh Zamani) dir. Katherine Windeld. Entrada Franca.

 

 

25, domingo

15h Visões do Cinema Dinamarquês Uma Família (En Familie, 2010,  drama,  102min, Classificação 16 anos, com Jesper Christensen, Lene Maria Christensen, Pilou Asbæk), dir. Pernille Fischer Christensen. Entrada Franca.

 

21h Visões do Cinema Dinamarquês O Embaixador (Ambassadoren, Dinamarca, 2011, documentário, 93min, classificação livre, com: Mads Brügger, Maja Jul Larsen), dir.  Mads Brügger. Entrada Franca.

 

 

26, segunda

15h Visões do Cinema Dinamarquês Juan (Juan, Dinamarca, 2011, drama musical, 105min, classificação 16 anos  com: Christopher Maltman, Mikhail Petrenko, Elizabeth Futral), dir. Kasper Holten.  Entrada Franca.

 

17h Visões do Cinema Dinamarquês O Guerreiro Silencioso (Valhalla Rising, Dinamarca, 2009,  aventura, 93min,  classificação livre, com Mads Mikkelsen, Maarten Stevenson, Alexander Morton, dir. Nicolas Winding Refn). Entrada Franca

 

 

21h Visões do Cinema Dinamarquês Aplauso (Applaus, Dinamarca, 2009, drama, 85min, classificação 14 anos, com Paprika Steen, Michael Falch, Sara-Marie Maltha), dir.Martin Zandvliet. Entrada Franca

 

 

27, terça-feira

15h Visões do Cinema Dinamarquês Fraternidade (Broderskab, Dinamarca, 2010, drama, 90min, classificação 16 anos, com Thure LindhardtDavid DencikNicolas Bro), dir. Nicolo Donato. Entrada Franca.

 

17h Visões do Cinema Dinamarquês O Embaixador (Ambassadoren, Dinamarca, 2011, documentário, 93min, classificação livre, com: Mads Brügger, Maja Jul Larsen), dir.  Mads Brügger. Entrada Franca

 

21h Visões do Cinema Dinamarquês Aplauso (Applaus, Dinamarca, 2009, drama, 85min, classificação 14 anos, com Paprika Steen, Michael Falch, Sara-Marie Maltha), dir.Martin Zandvliet. Entrada Franca

 

 

28, quarta-feira

15h Visões do Cinema Dinamarquês - Juan (Juan, Dinamarca, 2011, drama musical, 105min, classificação 16 anos  com: Christopher Maltman, Mikhail Petrenko, Elizabeth Futral), dir. Kasper Holten.  Entrada Franca

 

17h Visões do Cinema Dinamarquês Uma Família (En Familie, 2010,  drama,  102min, Classificação 16 anos, com Jesper Christensen, Lene Maria Christensen, Pilou Asbæk), dir. Pernille Fischer Christensen. Entrada Franca.

 

29, quinta-feira 

17h Visões do Cinema Dinamarquês Aplauso (Applaus, Dinamarca, 2009, drama, 85min, classificação 14 anos, com Paprika Steen, Michael Falch, Sara-Marie Maltha), dir.Martin Zandvliet. Entrada Franca

 

21h Visões do Cinema Dinamarquês - Juan (Juan, Dinamarca, 2011, drama musical, 105min, classificação 16 anos  com: Christopher Maltman, Mikhail Petrenko, Elizabeth Futral), dir. Kasper Holten.  Entrada Franca

 

 

30, sexta-feira

17h Visões do Cinema Dinamarquês Fraternidade (Broderskab, Dinamarca, 2010, drama, 90min, classificação 16 anos, com Thure LindhardtDavid DencikNicolas Bro), dir. Nicolo Donato. Entrada Franca.

 

21h Visões do Cinema Dinamarquês Uma Família (En Familie, Dinamarca,2010,  drama,  102min, Classificação 16 anos, com Jesper Christensen, Lene Maria Christensen, Pilou Asbæk), dir. Pernille Fischer Christensen. Entrada Franca.

 

 

31, sábado

17h Visões do Cinema Dinamarquês A Fuga (Flugten, Dinamarca, 2009, drama, 114 min, classificação 14 anos, com Iben Hjejle, Lars Mikkelsen, Faegh Zamani) dir. Katherine Windeld. Entrada Franca.

 

21h Visões do Cinema Dinamarquês O Embaixador (Ambassadoren, Dinamarca, 2011, documentário, 93min, classificação livre, com: Mads Brügger, Maja Jul Larsen), dir.  Mads Brügger. Entrada Franca

 

 

Serviço

 

Mostra “Visões do Novo Cinema Dinamarquês”

Data: 22 a 31 de maio

Local: Cine Brasília

Endereço: Cine Brasília EQS 106/107, Tel.: 3244-1660

Entrada franca

Confira programação no site: www.brasilien.um.dk