A luz que me ilumina é mais fortes do que os maus olhos que me cercam. É isso aí, amigo Pedro César da Silva, talento que Piracuruca e Parnaíba cederam para o Ministério da Defesa Nacional.


Pedro César da Silva, neto do sacristão que enfrentou o bispo Dom Severino, não deixando o prelado vender o patrimônio de Nossa senhora do Monte do Carmo de Piracuruca, é casado com a professora e imortal Yeda Moraes Souza Machado, tia e amiga do governador Zé Filho.

A lenda conta que vários procuradores do patrimônio de Nossa Senhora do Carmo de Piracuruca (constituído de ricas fazendas de gado, quando desvia vam os recursos da santa milagrosa eram punidos com cegueira total e parcial.

Os que se arrempendiam e devolviam o que fora subtraído, alguns desonestos recuperavam a visão total, outros parcial e alguns ficam cegos pelo resto da vida.

Voltando a estudioso Pedro César da Silva. EDle é candidato a titular da Cadeira 4 da Academia de Letras da Região de Sete Cidades (ALRESC) que tem como patrono o capital da Guarda Nacional LÍVIO DA SILVA CAMPELO, vulto da cidade de Pedro II, e como último ocupante o Desembargador TOMAZ GOMES CAMPELO.