• 23:26:07 Rosa Kapila Em especial agradecimento ao Dilson. Aquele abraço.
  • 23:24:45 Rosa Kapila Boa noite a todos e mais uma vez obrigada. Cheiro da Rosa Kapila.
  • 23:23:06 Debatedor saindo da conversa...
  • 23:22:50 Luiz Filho Rosa, depois vou entrar em contato c vc por mensagem no Face. Qro musicar c vc. Até mais.
  • 23:22:45 Debatedor Boa noite a todos!
  • 23:22:06 Rosa Kapila Agradeço o convite e estou à disposição para novas pelejas. Beijos para todos e me escrevam. Me adicionem ao Facebook. Saúde e paz.
  • 23:21:00 Luiz Filho Com vc, Rosa, parceria de música? Quem sabe! Gostaria de fazer isso. Inclusive tenho umas fitas cassete q tenho de passar para o mp3 ou coisa parecida para publicar. Vou fazer isso, Rosa.
  • 23:20:28 Rosa Kapila Não me tornei uma cantora por ter trabalhado muito como professora.
  • 23:20:10 Debatedor Rosa, agradecemos muito sua presença no bate-papo de hoje. Reservamos o espaço para suas palavras finais. Dentro de instantes, a conversa estará liberada no banco de dados. Obrigado a todos!
  • 23:17:40 Rosa Kapila Eu adoro os saraus. São muito importantes pra quem escreve.
  • 23:16:30 Rosa Kapila Luiz Filho, vc. quer ser meu parceiro em música? Eu uso o youtube para fazer o registro e não esquecer.
  • 23:16:05 Debatedor Há videos com declamações suas no youtube. Esses saraus hoje foram resignificados. Como você os vê?
  • 23:14:43 Rosa Kapila Participo do Sarau da Casa da Gávea, declamo, faço peça de teatro, canto. O Paulo Betti me dirige, por bondade, é claro.
  • 23:14:23 Luiz Filho Legal. Uso as possibilidades do meu telefone: gravo a música conforme "desenhei" na minha mente. Faço os arranjos "de cabeça" e quando der, vou passar a algum músico que possa torná-lo acorde. Ontem mesmo gravei uma música que fiz de um soneto de Raul Bopp, "Abysag", uma parceria minha com um regueiro de Feira de Santana-BA, Leão Negro. Ficou demais. Se der um dia gostaria de cantá-la pra vc. É a sua cara: erotismo lindo.
  • 23:13:32 Rosa Kapila Amamos muito os livros, mas o escritor (a) não pode ser um mendigo.
  • 23:13:12 Debatedor E aos livros em e-pub ou similar? Vai aderir a eles?
  • 23:12:34 Rosa Kapila Está havendo um movimento na academia brasileira de letras porque nehum escritor recebe dinheiro.
  • 23:11:16 Rosa Kapila o sistema do escritor é punk "FAÇA VOCÊ MESMO".
  • 23:10:40 Rosa Kapila Meus livros antigos e um chamado ESQUIZOFRENIA vendem nas grandes livrarias. O mercado está sempre ótimo para o mercantilista. As editoras fingem que não existimos. Estou pensando muito se ainda vou fazer livros em papel.
  • 23:08:42 Rosa Kapila Luiz, pague seu livro. As pessoas gostam de comprar o livro na mão do autor.
  • 23:07:38 Rosa Kapila Eu crio a letra e a melodia, depois chamo um músico parceiro e cantarolo para ele, mostro a letra e nós vamos trabalhando a obra. Faço do jeito que posso e que consigo, também não tenho uma fórmula, não dá para explicar. Depois vc. vc. veja no youtube , músicas que estou rascunhando. Hoje comecei a rascunhar uma possível nova canção, mas me apaixonei. Fiquei feliz....um possível cordel, muitas inspirações....
  • 23:06:56 Luiz Filho Eu já me decidi: vou pagar pra me-ver escrito. Gosto de livros impressos (e também digitais!), Esses dois lados (q são um só!) sempre me-seduziram!
  • 23:06:36 Debatedor Como editora, qual avaliação você faz do mercado editorial hoje?
  • 23:04:01 Rosa Kapila Não aconselho a ninguém a ir atrás de editoras. Atualmente escrevo na hora em que quero, mas estou sempre com um caderno na mão. Não tenho mais horários para nada. Estou aposentada, para mim a melhor coisa do mundo.
  • 23:02:52 Luiz Filho Muito interessante, vc faz música; o que também não é estranho com poetas. Também faço música sem tocar instrumento algum. Coisa de poesia mesmo. Vc tem já algo gravado por vc ou por outra pessoa?
  • 23:01:46 Rosa Kapila Passei a vida inteira correndo atrás de editoras. Cansei. Fundei a minha e assim mesmo sou piratiada, livros que eu fiz em minha editora são vendidos na internet por outras pessoas. Ninguém consegue achar o fio da meada.. É triste.
  • 23:00:19 Luiz Filho Vc tem 13 livros publicados, Rosa? Também utiliso ainda o texto manuscrito, apesar de já fazer textos também direto no computador. Acredito muito na reescritura das ideias originais. Vc é daquelas escritoras que estão sempre prontas pro texto? É daqueles que estão sempre prontos pro texto ou tem "horário de produção"?
  • 22:59:55 Debatedor O que você diria aqueles que buscam editoras para seus trabalho inéditos?
  • 22:59:45 Rosa Kapila Gostaria que alguém me disesse como vamos viver com o livro de papel.
  • 22:58:17 Rosa Kapila Atualmente tenho feito mais letras de música. Agora entendo porque os músicos são tão felizes.
  • 22:56:34 Rosa Kapila Filosofia é a alma gêmea da Literatura.
  • 22:55:27 Rosa Kapila Gosto muito de Filosofia....talvez o que mais leio. Também amo biografias. Gosto de escrever sobre doenças psicológicas.
  • 22:54:03 Debatedor Li seu blog. Você conversa com a poesia e com a filosofia em seus poemas. Por que essa escolha?
  • 22:53:35 Rosa Kapila Naturalmente os gêneros se misturam, não temos um controle sobre, possivelmente inconsciente, pegamos gêneros, de teles jornais, de conversas nas rua, uma bula, um vidro de desodorante, um olhar, uma confusão. Tudo vira uma alquimia.
  • 22:53:19 Luiz Filho Desculpe a repetição do comentário. Estou apanhando um pouco deste link.
  • 22:52:00 Debatedor entrando na conversa...
  • 22:51:21 Luiz Filho Eu escrevo, Rosa. Já publiquei dois livros e estou prestes a publicar um terceiro. Somente poesia.
  • 22:50:41 Luiz Filho Rosa, sou poeta aqui, na terrinha, vivo em Teresina, acompanho vc no Facebook (somos amigos!) e no seu blog, mas infelizmente ainda não tenho os seus livros. Já leio vc muito nestas mídias virtuais. Vi agora, em seu Face, o sítio onde posso comprar seus livros. Ser poeta e contista, o que vc usa de cada gênero para enriquecer a fusão desses gêneros?
  • 22:50:39 Luiz Filho Rosa, sou poeta aqui, na terrinha, vivo em Teresina, acompanho vc no Facebook (somos amigos!) e no seu blog, mas infelizmente ainda não tenho os seus livros. Já leio vc muito nestas mídias virtuais. Vi agora, em seu Face, o sítio onde posso comprar seus livros. Ser poeta e contista, o que vc usa de cada gênero para enriquecer a fusão desses gêneros?
  • 22:50:38 Luiz Filho Rosa, sou poeta aqui, na terrinha, vivo em Teresina, acompanho vc no Facebook (somos amigos!) e no seu blog, mas infelizmente ainda não tenho os seus livros. Já leio vc muito nestas mídias virtuais. Vi agora, em seu Face, o sítio onde posso comprar seus livros. Ser poeta e contista, o que vc usa de cada gênero para enriquecer a fusão desses gêneros?